terça-feira, 9 de abril de 2013

Tô de volta... De novo!

Tô sem net... tô sem PC... Eu só me fodo...

É, eu sei que essas são as frases mais ditas por essas bandas e elas mais do que nunca fazem total sentido. Durante mais de um mês eu ando sumido daqui e sem poder nem mesmo preparar alguns projetos, por motivos que vocês já sabem porque são os de sempre (preguiça não conta, seu maldito; não venha me acusar porque dessa vez eu juro que tentei u_ú).
Mas os meus problemas acabaram!!!

Finalmente, depois de alguns longos meses eu tomei vergonha na cara e comprei um notebook pra mim. E não só o note mas também um smartphone. Agora já posso me considerar um belo exemplo de burguesinho entojado mega-capitalista... Tudo isso graças ao milagre das 10x sem juros no carnê. Viva o parcelamento o/

- Mas foi tão fácil assim, Tiago? Logo você que sempre se ferra antes das coisas (às vezes) darem certo. O azar se foi?

A resposta é obvia, meus amiguinhos: NÃO!

Na segunda-feira, 25/03, eu fui nas Lojas Cem tirar o celular do Samu no meu crediário lá. A moça ia vender pra ele sem entrada e sem juros. Pensei "caralho, mano, já era; vou tirar um cel pra mim também e um notebook porque a porra da minha placa mãe queimou". Arrumei tudo, cara, a papelada toda pra tirar tudo bonitinho. Aí o cara falou pra eu subir e ver se o gerente aprovava... É... é... isso aí mesmo que você está pensando...

Veja a cena.

Você é gerente de uma oja grande e, de repente, chegam na sua frente dois neguinhos do cabelo duro, com cara de pobre e querendo levar 3 itens caros do seu estoque. Como dizer não sem correr o risco de levar um tiro na cara?

- Bom senhor, Tiago, nosso sistema, quando há incisão de produtos de preço elevado e como sua conta é recente, não libera mais do que um desses produtos sem entrada, no caso o celular.

AAAAAaaaaaaaaAAAAaaahhhhhhHHHHHhh... Caralho... Porque não falou logo "NÃO SEU FAVELADO, POBRE, FILHO DA MÃE!" ???

Mas, enfim, o Samuca conseguiu levar o celular e eu fiquei de ir buscar os meus brinquedinhos no sabado dando entrada.

Eis que minha mãe só recebe segunda-feira... Mas eu fui lá! Arrumei tudo de novo pra levar o note e o celular... Agora sim, finalmente meu sonho realizado... Só que não ¬¬'

A mesma desculpazinha de cima, mas dizendo que eu não poderia levar o note por já estar pagando um produto. O filho da puta do gerente só liberou o celular. Isso porque eu estava com o dinheiro das entradas na mão, quase esfregando na cara dele. Fazer o que, né? Levei só o celular.

No dia seguinte lá estava eu (perdendo o horário de almoço na Clinica) e minha mãe entrando na Eletrozema pra comprar um note (brasileiro, cara, brasileiro... ô racinha...). E dessa vez funfou lindamente a não ser pelo fato de que eu precisava levar bilhões de documentos e referencias e bla bla bla... Marquei de voltar a noite pra terminar de resolver a parada. Estava feito!

O note está lá em casa agora. Depois de quase 1 hora de espera eu concretizei meu cadastro na loja e entrei na lista de espera pelo note chegar no estoque. Sexta-feira, 05/03, ele estava nas minhas mãos. Agora sim estava tudo certo... Note, celular, inter.... ops... é eu continuava sem internet. E ainda continuo! Provavelmente só vou ter acesso em casa no final da semana quando minha mãe pagar a conta.

Depois de todo esse rolo cá estou eu, são e salvo do mal e com tudo o que eu queria!

No fim tudo dá certo.... Ou não õ_õ...

Um comentário: