sábado, 27 de outubro de 2012

Nerdice + Academia = FAIL!

No início desse ano eu resolvi fazer uma coisa totalmente diferente do meu perfil. Em janeiro eu botava pela primeira vez os pés na academia. Em abril esses mesmos pés saíram saltitando de lá (saltitando ficou gay, mas foda-se, vai assim mesmo ¬¬'). Sabe o que eu ganhei me matando de exercícios? Nada! Na verdade, ganhei um pouquinho de amolação e perdi um precioso tempo.
Eu queria experimentar algo novo e, como vários amigos estavam entrando nessa onda, decidi começar a frequentar a mesma academia que eles. Séries de exercícios, aeróbicos, anaeróbicos, pega peso daqui, levanta peso de lá, nomes estranhos, pessoas estranhas, dor... Muita dor... É mais ou menos esse o resumo que eu faço da minha passagem pela academia. E isso não fazia sentido nenhum pra mim. Cada peso levantado vinha com o pensamento embutido "por que diabos eu tô fazendo essa porra aqui õ_O???"
Quanto mais o tempo passava, mais torturante era ir àquele lugar
Uma coisa é certa: aquele lugar muda as pessoas. A noção de força te dá uma falsa sensação de poder e essa de levantar pesinho pra lá e pra cá acaba subindo à cabeça de alguns que passam a ser as pessoas mais malas do universo, sempre impondo sua vontade na base da força conseguida nos seus brinquedinhos.
No período que passei frequentando foi possível ver claramente como alguns consideravam aquilo como uma competição. Eles não se matavam de treinar pra se sentirem bem consigo mesmos e superar um limite pessoal, mas sim pra se exibirem e provarem aos outros que eram melhores e mais fortes. Esse pensamento gera uma sede de sempre querer crescer mais e mais. Mesmo já parecendo um pedaço de carne de açougue de tanto músculo e, consequentemente, com o organismo todo fodido e o pinto menor do que uma ervilha por causa dos esteróides o babaca continua querendo ganhar mais massa e quanto mais bombado mais ovacionado pelos amequenhos ele é.
A academia também é responsável por criar um novo tipo de ser: os Garotos Maromba.
Ainda tem duvidas? Toddy destrói os dois com facilidade u.u
Garotos na faixa dos 15 a 16 anos que não tem idade nem pra tomar Nescau 2.0, quem dirá Toddy, se empanturrando de Whey Protein. Essa galerinha é mestre em se juntar em rodinhas e falar única e exclusivamente de academia como se aquele fosse seu templo. As atividades de um maromba incluem postar frases no Facebook no estilo No Pain no Gain, oferecendo seus rins e outros órgãos, já comprometidos pelo anabolizante que ele pediu pra mamãe comprar, em troca de suplementos, assistir vídeos de bombados idiotas que ficam dando diquinhas e esculachando outros "menos bombados" pelo Youtube a fora, mostrar como ele é forte e poderoso andando com camisetinha cavada baby look, fazendo demostrações toscas do seu poderio bélico muscular e chamando os amequenhos de frango por mais maromba que o outro seja. Ah, e Jiu-Jitsu... Todo maromba ama jiu-jitsu mais do que a própria mãe.
Marombas adoram passar 70% do seu dia junto de homens suados, de preferencia agarrando-os loucamente...
Eu abandonei a academia principalmente porque as coisas lá em casa estavam ficando feias e o dinheiro da mensalidade estava fazendo falta em casa. Então, depois de alguns meses que situação melhorou eu voltei pra academia... NUNCA!!! Meu dinheiro hoje é investido em coisas muito mais divertidas e produtivas como HQs, jogos, cinema, badulaques esotéricos, livros, rolê com os amigos e tudo mais que eu realmente dou valor e que ajudam o Tiago ser o SephBlade que todos conhecem.
Pra mim, academia é um saco. Se faz sentido pra você, seja feliz com seus pesinhos lá. Só não se esqueça de que  músculos não são tudo na vida. Não se transforme num troglodita ignorante que só sabe falar de academia e exercícios o tempo todo. exercite-se pra ganhar massa encefálica ao invés de muscular (tem como??? Se tiver é isso aí mesmo que você tem que fazer !).  
Pessoas que fazem academia e se acham superiores às outras apenas porque levantam mais peso... Marombinhas do meu coração...

Ei idiota que tá gastando dinheiro com suplementos e uma rotina idiota de exercícios, aproveita bastante o ensaio porque quando começar a vida real você vai perceber que seus músculos não valem nada nesse nosso joguinho de gato e rato...

Invista seu dinheiro em cérebro e não em músculos.
#FicaDica pra quem ainda tem neurônios suficientes pra entender as sequências de palavras que minhas letras compõem.
Músculos nunca fizeram ninguém milionário, já o cérebro....

6 comentários:

  1. Kkkkk... Frango! Não consegue nem cuidar do corpo, quem dirá da mente. Para um estar são o outro também tem que estar. Musculação é para quem tem foco, disciplina e força de vontade. O leigo e fraco diz que o sucesso do outro é através de "bomba". Será que você sabe o que é isso? Só não fala Whey, pelo amor de Deus. kkkkkkk...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parei no Frango... '-'

      Mentira

      "O leigo e fraco..." - o leigo eu até aceito, mas usar fraco como argumento é algo ridículo cara... Se eu parei de frequentar a academia foi justamente porque não me importo de não ter força e ser considerado fraco...

      Porque você não concentra seu foco, disciplina e força de vontade em alguma coisa mais produtiva... tipo... projetos culturais e educativos para as pessoas de baixa renda da sua cidade!?

      Excluir
  2. Arnold foi um grande fisiculturista e virou governador. Sou maromba e tenho P.H.d lol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pela conquista do PHD cara... E como eu mesmo disse nas postagem aquilo não fazia sentido pra mm... Se faz pra você e você consegue ser maromba e não ser um boçal ao mesmo tempo é ponto pra ti!

      Excluir
  3. Eu achei ridícula essa sua postagem, já que isso não se aplica a todos os "marombas". O que chamamos de frango, não é aquele cara que treina sério e continua magrelo ou gordo, nem aquele cara que não frequenta academia e não faz nenhuma atividade física. Chamamos de frango aqueles que vão para a academia para conversar, que ficam ocupando os aparelhos mais tempo do que o necessário (mexendo no celular entre uma série e outra sem ter o minimo controle do tempo, nem o minimo respeito com quem quer usar o aparelho e tem que esperar.), fazendo piadinhas com quem treina sério e segue uma dieta regrada, dizendo que fulano toma bomba. Acho que essa postagem aí foi muito infeliz, não concordo com o anônimo alí que te chamou de frango, penso que na verdade você pode ter grandes conhecimentos em outras áreas, mas é muito ignorante nesse assunto. As pessoas deveriam estudar mais antes de abrir a boca para falar o que não sabem, por trás de tudo existe uma ciência, e não se deve criticar algo sem ter embasamento cientifico no que está sendo dito. Fazem 3 anos que eu treino, e nem por isso sou uma troglodita, muito pelo contrário, sou universitária e gosto de ler e estudar. Não é por que uma pessoa gosta de ter um corpo "musculoso" que ela não é inteligente ou não usa a inteligencia, muito pelo contrário. E não existe um estudo cientifico que comprove que todo o "maromba" é ignorante, burro, ou não lê nem estuda. Concordo com você quando disse que isso sobe a cabeça de alguns, mas uma pessoa no seu nível intelectual deveria saber que o melhora fazer é ignorar essas pessoas, e aposto que você conhece muitos "nerds" que se acham também, pois isso tem em todos os cantos do mundo. Sempre respeitei muito esse "mundo nerd", a maioria dos meus amigos são nerds e trabalham com programação, criação de softwares, etc. Nenhum deles curte academia. E eu nunca critiquei nenhum deles por isso. Cada um sabe o seu lugar, e se você acha que o seu lugar não é na academia, beleza. Você não tem direito, entretanto, de criticar os que gostam de academia e treinam todos os dias e praticamente vivem pra isso. Afinal, quem é você para dizer o que é certo e o que é errado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico realmente feliz em ver que existem, sim, pessoas que frequentam a academia e ainda assim possuem interesses acadêmicos e nível intelectual o suficiente pra tomar discussões saudáveis usando argumentos ao invés de truculência.
      Como você pode notar eu generalizei bastante no post. A maioria dos "marombas" que eu conheço batem exatamente com o perfil descrito no texto.
      Assim como você tem um círculo de amigos nerds eu também tenho um círculo de amigos marombas e nem todos eles são como o descrito. Eu os zôo e eles me zoam, sem ressentimentos.
      Já a questão do "frango", pelo menos o que eu vejo sempre por aqui é justamente a discriminação contra quem não faz academia e (ou faz e ainda) é magrelo.
      No mais, eu não sou ninguém, mas quem é alguém nesse mundo afinal de contas?

      Excluir